Curiosidades

Tardígrados – 5 fatos curiosos sobre os animais mais resistentes da Terra

Os tardígrados são alguns dos seres mais intrigantes que vivem no planeta Terra. Muita gente já deve saber, mas os rechonchudos de oito patas são as criaturas mais resistentes do mundo. Esses pequenos primos distantes dos artrópodes não são capazes de resistir apenas ao frio e ao calor extremo, mas também a longos períodos sem se alimentar e até mesmo à grandes índices de radiação.

Essas criaturas são tão fortes que aguentam até mesmo sobreviver durante um período no espaço, coisa inimaginável para a grande maioria de outros seres vivos do nosso planeta. Os cientistas acreditam que os tardígrados são tão resilientes que podem aguentar até mesmo a queda de um asteroide no planeta.

Até hoje, já foram descobertos cerca de 1000 espécies no filo. A cada nova espécie encontrada, os estudiosos ficam mais embasbacados com a capacidade desses seres. Separamos cinco curiosidades sobre os tardígrados que também te deixarão de queixo caído.

Tardígrados - 5 fatos curiosos sobre os animais mais resistentes da Terra

Uma pesquisa realizada por cientistas da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, em 2015, apontou que o filo dos tardígrados é o que mais tem DNA exógeno em seus genomas, isto é, desconhecido do próprio organismo. Segundo o levantamento, 17,5% do DNA desses seres são estranho às próprias células. Para efeito de comparação, animais têm, no máximo, 1% de DNA exógeno nos genomas.

Os genes exógenos viriam, de acordo com a pesquisa, de bactérias, fungos, plantas, entre outros, durante a transferência horizontal de genes. Isso poderia explicar a enorme resistência das espécies.

Tardígrados - 5 fatos curiosos sobre os animais mais resistentes da Terra

Os tardígrados medem somente entre 0,3 milímetro a 0,5 milímetro. Contudo, encontrá-los não é tarefa tão difícil. Um guia da Faculdade Carleton, nos EUA, lista cinco passos para que qualquer um ache um desses seres. No primeiro, deve-se coletar um monte de musgo ou líquen e colocá-lo num prato raso.

Posteriormente, é preciso ensopá-lo com água por 24 horas. Em seguida, a água excedente deve ser descartada. No quarto passo, é preciso espremer o musgo noutra louça para coletar a água que ficou acumulada. Depois, o indivíduo só precisa analisar a amostra em um microscópio.

Por aguentarem condições tão extremas de calor, frio, aridez e escassez de alimentos, os tardígrados são pioneiros de ecossistemas. Esse filo geralmente é o primeiro a se instalar em ambientes inóspitos e iniciar aquilo que é denominado de sucessão ecológica pela Biologia.

Por exemplo, quando um vulcão entra em erupção e a lava devasta o ecossistema, são os tardígrados os primeiros a colonizá-los. Se alimentando de micróbios que por ali vivem e acumulando nitrogênio, carbono e fósforo para se manterem vivos.

Tardígrados - 5 fatos curiosos sobre os animais mais resistentes da Terra

De acordo com as descobertas da ciência, os tardígrados teriam sobrevivido às cinco principais extinções da Terra. Alguns fósseis desses seres encontrados na natureza datam de 500 milhões de anos atrás, quando animais de complexidade ainda iniciavam seu desenvolvimento.

Sendo assim, este filo teria sobrevivido a todos os principais períodos de extinção de espécies na Terra. A descoberta veio em 1773, com Johann August Ephraim Goeze. Todavia, somente em 1776 que o italiano Lazzaro Spanllanzani descobriu as propriedades que tornam o tardígrado quase imortal.

Tardígrados - 5 fatos curiosos sobre os animais mais resistentes da Terra

Em 2019, fascinados com a capacidade de adaptação e resistência dos tardígrados, cientistas israelenses carregaram uma nave com milhões de arquivos digitais sobre a Terra. Com isso, amostras do nosso DNA e milhares de tardígrados desidratados foram encontradas.

Os estudiosos querem provar que, além de resistir aos extremos do nosso planeta, esses seres podem também sobreviver na Lua. A crença vem de um outro experimento, realizado há 12 anos, quando tardígrados não morreram numa viagem espacial, mesmo expostos à radiação, enfrentando temperaturas gélidas e vivendo no vácuo.

Veja mais sobre 23 animais estranhos que existem por aí e você nunca viu.

Fontes: Superinteressante, Revista Galileu

Fontes de Imagem: Olhar Digital, Realidade Simulada, Ciência para Todos, Luis Pellegrini, Mega Curioso, Mistérios do Mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar