Notícias

Preço do leite: Produtores saberão com antecedência valor a ser pago por laticínios

Comissão acata PL que visa antecipar divulgação do valor-referência do leite em Santa Catarina.

Reunida na manhã da última terça-feira (16), a Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa se manifestou favoravelmente ao Projeto de Lei (PL) 135/2016, de autoria do deputado Neodi Saretta (PT), que dispõe sobre a divulgação do valor mínimo a ser pago aos produtores rurais pelo litro do leite no mês subsequente.

Preço do leite

Originalmente, a proposta determinava que a iniciativa ficaria a cargo das empresas de beneficiamento e comércio de laticínios, mas uma emenda substitutiva global proposta pela relatora, a deputada Marlene Fengler (PSD), transferiu a incumbência para o Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados do Estado de Santa Catarina (Sindileite-SC), por intermédio do seu sítio eletrônico.

Legalidade no preço do leite

De acordo com a parlamentar, a alteração teve o objetivo de retirar do texto aspectos apontados como inconstitucionais pela Procuradoria Geral do Estado e pela Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, como a determinação de as empresas firmarem compromissos futuros com os produtores, o que caracterizaria ingerência do poder público sobre o setor privado e violação do princípio da livre iniciativa econômica.

A matéria, disse, também já se encontraria disciplinada e aplicada em todo o território brasileiro, por meio da Lei Federal 12.669/2012, não tendo, assim, o efeito prático desejado. “Depois de muitas conversas e vários pedidos de informação e consultas, se chegou à conclusão que seria melhor fazermos essas alterações e acredito que chegamos a um bom termo.

preço do leite

O parecer foi aprovado por unanimidade pelos integrantes do colegiado, inclusive com o voto do autor do projeto. “Entendo que a forma original era melhor, mas a emenda da relatora salva o projeto, que poderia ser alvo de veto do governo“, disse Saretta.

Com a decisão, o PL retornará para a Comissão de Constituição e Justiça para a análise da constitucionalidade e legalidade da emenda.

Comente esta matéria! Você acha que os produtores devem saber com antecedência o preço do leite e isso deve ser implantado no Brasil inteiro?

Fonte: Assessoria ALSC

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar