MAPA

Incra apresenta a visitantes da Expointer as aeronaves utilizadas em georreferenciamento

Duas aeronaves do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) têm chamado a atenção de quem passa pelo Pavilhão Internacional, na 42ª Expointer. Elas são Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs) capazes de obter imagens aéreas com a precisão necessária para fins de georreferenciamento de áreas de extensão variada. No estande, dois técnicos do instituto, capacitados para pilotar remotamente as aeronaves, apresentam a novidade ao público e falam das suas aplicações na reforma agrária e no ordenamento fundiário. 

Os VANTs são equipados com câmeras digitais de alta resolução com finalidade de executar aerofotogrametria (cobertura fotográfica para fins de mapeamento). Na Expointer, os visitantes conhecem a unidade modelo Nauru 500C , que pesa 25 kg , com autonomia de quatro horas de voo e possibilidade de mapear 15 mil hectares por decolagem, e uma unidade Echar 20D , com peso de 7,8 kg e autonomia de voo de duas horas mapeando em torno de 5 mil hectares

Os equipamentos permitem aerolevantamento de dados com mais precisão e economia em relação às tecnologias terrestres, o que facilita os processos de titulação e de regularização das parcelas – metas prioritárias do Incra . Os VANTs também serão utilizados em serviços de meio ambiente, infraestrutura e supervisão ocupacional. 

Além das duas aeronaves expostas, o Incra ainda utiliza uma outra unidade: a Echar 20D. Os três sistemas de aeronaves remotamente pilotadas foram licitados no final de 2016, pelo valor de R$ 1,2 milhão . 

O instituto investiu na capacitação de 17 servidores – sendo oito habilitados a pilotar as aeronaves e nove qualificados para o processamento das imagens obtidas. Em maio deste ano, a autarquia foi autorizada pelo Ministério da Defesa a executar serviços de aerolevantamento.

No mês seguinte, VANTs foram usados para obter imagens da Gleba Jacadigo , com cerca 16 mil hectares , no município de Corumbá (MS) – os mapas que serão gerados vão identificar, localizar e dimensionar as áreas ocupadas para fins de regularização fundiária. 

Ainda no estande do Incra, os funcionários tiram dúvidas sobre serviços como emissão de certidões para aposentadoria, certificação de propriedades georreferenciadas e cadastro de imóveis – sempre referentes a áreas rurais.

As duas últimas demandas podem ser solucionadas pelos próprios usuários, por meio de sistemas digitais adotados pelo instituto. Já as famílias assentadas, vão obter informações sobre o processo de titulação dos lotes.

O Incra também está presente no Pavilhão da Agricultura Familiar, onde 12 empreendimentos oriundos da reforma agrária e das demais ações desenvolvidas pela autarquia comercializam laticínios, panificados, sucos, sementes agroecológicas e arroz orgânico.

Serviço:

VANTs: inovação tecnológica nas ações de georreferenciamento do Incra 

Data: 24 de agosto a 1 de setembro de 2019

Local: Pavilhão Internacional, Parque de Exposição Assis Brasil – Esteio (RS)

Exposição permanente no estande do Incra na 42ª Expointer (Pavilhão Internacional)

*com informações do Incra 

Mais informações à imprensa:

Coordenação-geral de Comunicação

Washington Luiz

imprensa@agricultura.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar