Curiosidades

Filmes de guerra – 10 melhores para assistir online

Quais são os melhores filmes de guerra de todos os tempos para você? Certamente, essa lista é só para quem realmente gosta do gênero. Aliás, já que entrou nessa matéria, você também deve fazer parte desse seleto grupo.

Agora, se você se pergunta por que este não é o tipo de filme que agrada a todo mundo, a resposta é simples. Basicamente, as pessoas prefere entretenimento e histórias bonitas na hora de ver um filme. Além disso, o tema é forte. Por isso, rende muitas cenas com extrema violência e muito drama, daquelas que fazem chorar.

Contudo, todos os anos existem dezenas de filmes de guerra sendo lançados no mercado cinematográfico. Apesar de vários serem aclamados pela crítica, apenas alguns marcam a história do cinema.

Acima de tudo, eles emocionam e nos fazem pensar na história recente, cheia de guerras e de disputas de várias naturezas. O Segredos do Mundo, portanto, reuniu os 10 melhores filmes de guerra da história.

Primeiramente, essa lista começa com uma obra do mestre Steven Spielberg. A história do longa, basicamente, mostra um alemão influente dentro do Partido Nazista, que usa seu poder para salvar a vida de milhares de judeus em meio a guerra.

Ademais, este é um filme de guerra sensível e com um ponto de vista em contraste com o habitual.

Certamente, Steven Spielberg é um dos maiores diretores de todos os tempos e adora o gênero de guerra. Isso porque reaparece nesta lista com este, que é considerado um clássico do cinema. Como o nome do filme já diz, a história mostra um grupo de combate em meio a 2° Guerra Mundial que precisa resgatar o soldado Ryan.

Acima de tudo, este é um filme de guerra pelas mãos de Quentin Tarantino. Portanto, só pode resultar em uma obra sem comparativos e única.

Bastardos Inglórios,aliás, também se passa na 2° Guerra Mundial. Porém, conta a história ficcional de um grupo de homens que caçavam nazistas. Além disso, neste filme, Hitler morre queimado no final, antes do fim da guerra.

Stanley Kubrick é considerado um dos maiores diretores do cinema de todos os tempos. E, certamente, um dos seus filmes de guerra não decepcionam.

Nascidos para Matar mostra a ascensão e a criação de um soldado feroz e linha dura. Certamente, é um clássico dos filmes de guerra.

Certamente, Beasts of No Nation é um dos melhores filmes de guerra dos últimos anos. Este, aliás, é também o primeiro longa original Netflix.

Separado da família durante a guerra civil, um garoto africano é obrigado a lutar ao lado de mercenários. Basicamente, ele acaba tendo que se tornar um menino-soldado de guerrilha.

Apocalypse Now é um clássico do cinema, e também é conhecido como um dos filmes mais difíceis de ser gravado de todos os tempos. Apesar de todos os imprevistos na hora de gravar o longa, o filme saiu e se tornou um clássico cult instantaneamente.

Filme de 2003, a história acompanha o Tenente A.K. Waters, responsável por liderar uma equipe de soldados para a selva para resgatarem a Dra. Lena Kendricks. Quando Waters e sua equipe localizam Kendricks, ela conta que não deixará seus pacientes para serem abatidos por rebeldes. A equipe provoca a ira das forças dos Estados Unidos e da Nigéria quando lado a lado com Kendricks tenta proteger os refugiados.

Certamente Christopher Nolan é um diretor que adora passear por vários gêneros. Consequentemente, não faltaria uma imersão na 2° Guerra Mundial. Durante o período, a Alemanha avança rumo à França e cerca as tropas aliadas nas praias de Dunkirk. Sob cobertura aérea e terrestre das forças britânicas e francesas, as tropas são lentamente evacuadas da praia.

Guerra ao Terror, de 2010, levou o Oscar de melhor filme daquele ano. Basicamente, JT Sanborn, Brian Geraghty e Matt Thompson integram o esquadrão antibombas do exército americano em missão no Iraque.

Eles trabalham, então, na destruição de um explosivo para que seja detonado sem atingir alguém. Entretanto, um erro faz com que o artefato exploda e mate Thompson, desencadeando consequências.

Finalmente, o filme de guerra do Mel Gibson: Até o Último Homem. A história acompanha Desmond T. Doss, um médico do exército americano que, durante a 2° Guerra Mundial, se recusa a pegar em armas. Durante a Batalha de Okinawa, portanto, ele trabalha na ala médica e salva, sozinho, cerca de 75 homens.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Primeira Guerra Mundial e os 5 maiores mitos sobre o conflito.

Imagem de destaque: Paramount Pictures

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar